Portuguese English French German Italian Spanish

  Acesso à base de dados   |   email: qualfood@idq.pt

Alerta sobre ovos contaminados não abrange Portugal Featured

Portugal não está abrangido pelo alerta que a Holanda lançou, esta semana, à União Europeia sobre ovos contaminados. A garantia foi dada pela ASAE em declarações à Renascença.

O organismo holandês responsável pela segurança alimentar (NVWA) emitiu um aviso sobre a suspeita de contaminação de ovos produzidos por explorações avícolas do país e exportados para o mercado europeu.

Em causa está a utilização de Fipronil, um pesticida considerado tóxico para os humanos.

Até ao momento, Portugal não recebeu “nenhum alerta”, revelou a ASAE à Renascença.

Existe no espaço comunitário um sistema de aviso “conjugado e concertado entre os diversos estados europeus para serem retirados os produtos que apontem alguma perigosidade no âmbito da segurança alimentar”, explica a autoridade para a segurança alimentar.

“E não recebemos qualquer indicação da parte de qualquer país membro nessa matéria”, acrescenta.

Uma fonte da Associação Nacional dos Avicultores Produtores de Ovos assegura que Portugal só importa ovos em casos muito pontuais e, quando o faz, vêm essencialmente de Espanha.

As autoridades da União Europeia estão a acompanhar o caso. A porta-voz da Comissão Europeia, Anna-Kaisa Itkonen, já anunciou que “os ovos contaminados foram localizados e retirados do mercado, a situação está sob controlo”.

Os ovos holandeses são vendidos em vários países do mercado europeu, sobretudo na Alemanha e na Bélgica.

Fonte: Renascença

  • Última modificação Segunda-Feira, 07 Agosto 2017 14:38