Portuguese English French German Italian Spanish

  Acesso à base de dados   |   email: qualfood@idq.pt

Confirmação de terceiro caso de contaminação por Vibrio

Foi reportado o terceiro caso em 2018 de contaminação por Vibrio no estado do Alabama, Estados Unidos da América. Neste momento o caso está sob investigação pelo Mobile County Health Department (MCHD).

O MCHD afirma que a exposição ao microrganismo ocorreu durante uma apanha de caranguejos na baía Mobile. A espécie foi identificada como sendo Vibrio vulnificus e verificou-se a ocorrência de fasciíte necrosante - infeção que resulta na morte dos tecidos moles do organismo.

Habitualmente as bactérias Vibrio habitam em águas costeiras e apresentam maior concentração entre os meses de maio e outubro, quando as águas estão mais quentes. No entanto, este microrganismo pode surgir durante todo o ano em determinadas zonas. As bactérias Vibrio podem entrar no organismo através de abrasões na pele mas também pode fazê-lo através do consumo de marisco contaminado.

Entretanto, o Departamento de Saúde Pública do estado do Alabama já emitiu um comunicado onde desaconselha a entrada em águas da zona em questão se tiver alguma lesão na pele, e caso ocorra alguma abrasão durante o contacto com a água, deverá se proceder à limpeza e desinfeção imediata da ferida.

Existem mais de 70 espécies de Vibrio, no entanto, cerca de 12 causam doenças no ser humano - conhecidas por vibrioses.

O Centers for Disease Control and Prevention estima que todos os anos cerca de 80 000 pessoas são contaminadas com o microrganismo Vibrio e 100 indivíduos morrem da doença. 52 000 destes casos resultam do consumo de alimentos contaminados.

Fonte: FoodWorld