Portuguese English French German Italian Spanish

  Acesso à base de dados   |   email: qualfood@idq.pt

Atum-rabilho vendido por quase 1,6 milhões de euros num leilão em Tóquio

Um atum-rabilho de 276 quilos foi vendido, este domingo, por quase 1,6 milhões de euros (193 milhões de ienes) em Toyosu, no mercado de peixe de Tóquio — e o maior do mundo —, no tradicional leilão de Ano Novo.

O comprador? O japonês Kiyoshi Kimura, dono de uma cadeia de restaurantes de sushi chamada Sushizanmai e que se intitula o “Rei do Atum”, lê-se na CNN, que cita o canal de televisão japonês público NHK.

Este magnata, no entanto, já não é um novato nestas andanças. No ano passado, tinha dado pelo mesmo peixe o valor mais alto desde que há registo no maior mercado de Tóquio — desde 1999: 2,7 milhões de euros por um atum de 278 quilos. O valor deste ano foi o segundo mais caro.

"Sim, é caro não é? Quero que os nossos clientes comam muito bem este ano também”, afirmou Kimura, ainda antes de comprar o atum-rabilho, que foi apanhado na costa de Aomori, no norte do Japão.

O empresário disse que está “ainda mais contente” por ter comprado o peixe “no primeiro leilão da era de Reiwa”, referindo-se à nova era imperial que teve início em maio do ano passado.

Segundo o Japan Times, o peixe será vendido no restaurante da cadeia Sushizanmai perto de Tsukiji, antiga localização do mercado de peixe de Tóquio — só no ano passado é que se mudaram para Toyosu.

Fonte: Observador