Portuguese English French German Italian Spanish

  Acesso à base de dados   |   email: qualfood@idq.pt

Relatório anual sobre a fraude alimentar em 2019: sistema de comunicação da UE conduz ao aumento da cooperação dos Estados-Membros

Foi publicado o relatório anual de 2019 da Rede Europeia de Fraude Alimentar e do Sistema de Assistência Administrativa e Fraude Alimentar (AAC-AA e AAC-FF). O relatório destaca exemplos de casos coordenados da UE, bem como estatísticas sobre casos suspeitos de fraude alimentar por meio de Assistência Administrativa e do Sistema Cooperação (Sistema AAC-FF).

Houve um aumento no número de solicitações de assistência administrativa no que diz respeito à suspeita de fraude alimentar, de 234 em 2018 para 292 em 2019. O aumento constante no número de solicitações de assistência administrativa dentro da Rede de Fraude Alimentar confirma que, ao longo dos anos, a cooperação na Europa entre os Estados-Membros está fortalecida. Muitas investigações foram encerradas com sucesso, com prisões e a apreensão de mercadorias proibidos no mercado da UE.

A Rede de Fraude Alimentar da UE também está envolvida na Operação OPSON - uma iniciativa conjunta da Europol / Interpol que visa o tráfico de alimentos e bebidas falsos e abaixo do padrão.

Com base na análise de dados e em suas próprias linhas de investigação sobre a fraude, em 2019, a Comissão criou 70 solicitações no sistema, convidando diferentes países a investigar e acompanhar essas solicitações. A Comissão continuou também a coordenar ações relativas a práticas ilícitas relativas, nomeadamente a subprodutos animais, atum e enguias europeias.

Pode consultar o documento aqui.

Fonte: EFSA