Portuguese English French German Italian Spanish

  Acesso à base de dados   |   email: qualfood@idq.pt

A DGAV publicou o Despacho nº48/G/2022 onde atualiza a zona demarcada para a bactéria Xylella fastidiosa na área metropolitana do Porto. Foi confirmada a presença da bactéria de quarentena Xylella fastidiosa em quatro novos locais no norte do país, especificamente nos concelhos de Vila Nova…
Em resultado da intensa prospeção e amostragem executada pelos serviços fitossanitários da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve, com a coordenação da DGAV, e não tendo sido registados novos resultados analíticos positivos, quer em plantas quer em insetos vetores, a zona demarcada para…
Em resultado dos trabalhos de prospeção oficiais, conduzidos pela Direção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAPALGARVE), no contexto do Plano de Ação Nacional para o Controlo da Xylella fastidiosa e seus vetores, foi obtido um resultado positivo para esta bactéria, numa amostra colhida…
Xylella fastidiosa é uma bactéria que afeta muitas espécies importantes, tais como oliveira, amendoeira, cerejeira, citrinos, videira e sobreiros e diversas ornamentais, incluindo lavandas, rosmaninho, aloendros e polígalas. Detetada em Portugal em janeiro de 2019, a Xylella fastidiosa é atualmente uma das grandes ameaças fitossanitárias…
A DGAV publica o Plano de Contingência da Xylella fastidiosa e seus vetores (versão 02-corrigida) actualizado em linha com as normas estabelecidas no Regulamento de Execução (UE) 2020/1201 da Comissão, relativo às medidas para impedir a introdução e propagação na União Europeia de Xylella fastidiosa …
No âmbito da implementação do disposto no Decreto-Lei n.º 67/2020, de 15 de setembro, que assegura a execução e garante o cumprimento, na ordem jurídica nacional, das obrigações decorrentes do Regulamento (UE) n.º 2016/2031 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 26 de outubro de…
Foi publicado hoje, em DRe, a Portaria 243/2020 que implementa procedimentos e medidas de proteção fitossanitária, adicionais, destinadas à erradicação no território nacional da bactéria de quarentena Xylella fastidiosa. Na sequência da identificação da presença da bactéria de quarentena Xylella fastidiosa (Wells et al.) pela…
Em 2013, as oliveiras de Puglia, no sul de Itália, começaram a exibir sintomas atípicos de declínio. Estas haviam sido rapidamente contaminadas pela disseminação de Xylella fastidiosa, uma bactéria nunca antes reportada na Europa. Isto foi motivo de alarme pois até à data este microrganismo…