Portuguese English French German Italian Spanish

  Acesso à base de dados   |   email: qualfood@idq.pt

Os bebés podem consumir proteína whey?

Em 2018, o Painel da EFSA dedicado ao estudo da Nutrição, Novos Alimentos e Alergéneos concluiu que o isolado de proteína básica obtido por cromatografia iónica do soro do leite de vaca pode ser considerado seguro para consumo humano.

O painel publicou a sua opinião científica especificando o âmbito de aplicação da whey a fórmulas infantis (1-3 anos), a bebidas de substituição de refeição (adultos), a alimentos para fins medicinais específicos e a suplementos alimentares (proibição de consumo < 12 meses de idade).

Em consequência, surge a autorização de colocação no mercado do isolado de proteína básica de soro de leite de bovino como novo alimento para crianças e adultos de idade superior a um ano (Regulamento (UE) 2018/1632).

Recentemente, a EFSA avaliou usos adicionais deste novo alimento, nomeadamente para a sua aplicação em alimentos para fins medicinais específicos e suplementos alimentares direcionados a bebés com menos de um ano, até então proibidos.

Os interessados nesta nova autorização sugerem que estes suplementos se façam acompanhar de uma menção de rotulagem "O produto não deve ser consumido simultaneamente de fórmula infantil (standard ou para fins medicinais específicos) que contenha isolado de proteína whey", por forma a alertar o comprador dos limites máximos de segurança.

Após análise do Painel acerca do novo âmbito de aplicação, concluem-se seguras as novas condições de uso da whey em alimentos para bebés (< 12 meses de idade), contudo nenhuma análise de benefício foi efetuada na emissão deste parecer.

Para consultar a avaliação original, por favor, clique aqui.

Fonte: EFSA